Blockchain

Coinbase deverá cortar força de trabalho em 18%

O CEO da Coinbase, Brian Armstrong, informou nesta terça-feira (14), que deverá demitir cerca de 1.100 funcionários, o que representa 18% da sua força de trabalho, marcando mais uma exchange de criptomoedas que reduziu a força de trabalho nas últimas semanas apesar da alta venda de criptomoedas.

“Parece que estamos a entrar em recessão após um boom económico de mais de 10 anos”, disse Brian Armstrong em um post no blog da empresa. “Uma recessão pode levar a outro inverno de criptomoedas e pode durar por um longo período”, escreveu ele, referindo-se a um período em que os preços das criptomoedas caem e permanecem baixos por semanas.

A Coinbase é uma das maiores exchanges, com 98 milhões de usuários e 256 mil milhões de dólares norte-americano em activos na plataforma. De acordo com um documento regulatório, a empresa terminará as demissões até o final de junho.

As demissões são o capítulo mais recente nas lutas recentes da Coinbase. No primeiro trimestre de 2022, a empresa registou uma perda de 430 milhões de dólares norte-americanos já que os usuários mensais activos caíram 19%.

 

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal clicando aqui  !!!

Ferreira Manuel

Ferreira Manuel é um redactor web em ascensão, no Portal de T.I, residente em Luanda, Angola. É estudante de Comunicação Social e entusiasta das criptomoedas e da tecnologia blockchain.

Itens Relacionados