Defendido o uso assertivo das redes sociais no contexto da Covid-19

A União de Jornalistas Angolanos realizou, na tarde desta sexta-feira (21), uma palestra subordinada ao tema “O Papel das redes sociais no contexto da Pandemia Covid-19, com a prelecção do Professor Doutor, Engenheiro Pedro Teta.

O debate serviu para fazer-se um diagnóstico preciso sobre o uso das redes sociais no período de confinamento, suas vantagens, desvantagens, as inovações tecnológicas surgidas nesse período, e também foi oportuno para que a camada jovem acatasse medidas de segurança e controlo aquando do uso das redes sociais.

Na sua intervenção, o Engenheiro Pedro Teta, preferiu fazer a sua abordagem num modelo de auto-questionamento, em que, na mesma altura e com a mesma precisão, respondeu-os a todos.

Começando com as vantagens e a utilidade da internet na adaptação à pandemia, responde que, como indicam várias cartilhas e orientações de instituições de saúde, a internet nesse momento de isolamento social possibilita manter as interacções com amigos, familiares e vizinhos. “O acesso à internet possibilita que muitos continuem a ter aulas, a manter actividades de trabalho, a participar de actividades culturais e artísticas e acessar suas redes de apoio. É através das redes digitais que se tem acesso a informações sobre a pandemia e as formas de protecção”, afirmou.

Na sua abordagem, chamou atenção sobre os riscos. “A participação intensiva nas redes sociais também pode gerar um excesso de informação ou, em muitos casos, desinformação sobre a pandemia. O excesso de informação pode gerar ansiedade e a difusão da noção de um medo global, com ênfase no número de mortes e previsões das curvas de contágio. Por outro lado, as redes sociais podem prover um conjunto de fake news, que descredibilizam a ciência, o conhecimento epidemiológico e as orientações sanitárias”, disse.

Durante o debate, também chamou a atenção ao uso das redes sociais pelas crianças, afirmando que, no caso de crianças e adolescentes, o uso intensivo também pode aumentar as chances de sofrer e praticar violências no ambiente digital.

O Engenheiro e também docente Universitário, realçou que, de formas a se evitar o excesso de informação, os usuários podem optar pela lógica de qualidade e não quantidade de informação. Assim, é melhor ter acesso a sites confiáveis (sites de órgãos oficiais de saúde) ao invés de em muitos sites que se contradizem e espalham notícias sem qualquer respaldo científico.

Em formas de despedimento, clarificou que a sociabilidade presencial, que permite a vinculação das corporalidades que demarcam nossa existência, a força dos sentidos, do toque, do abraço continuará a essencial da vida em comum. Continuaremos nos desdobrando entre as fronteiras cada vez mais borradas entre os mundos online e offline.

A Covid-19 para além de trazer uma série de vocábulos novos à sociedade, fomentar à modalidade de teletrabalho, potencializar o modelo de tele-aula e viralizar o comércio electrónico, também serviu de meio impulsionador e acelerador do uso das tecnologias digitais. A exemplo disso é que, ao contrário dos anos passados, a ferramenta Zoom e a Team ganharam um elevado número de usuários, desde o período em que se decretou isolamento social.

O debate decorreu na modalidade presencial, mas também deu primazia a quem esteve distante, com a sua difusão via Zoom e através da transmissão em Rádio.

No final, O Engenheiro Pedro Teta, e o moderador da referida actividade, Jornalista Ulisses de Jesus, foram brindados com um certificado União de Jornalistas de Angola.

 

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal clicando aqui !!!

Partilhar artigo:

Tags:

Somos um portal de notícias, voltado às tecnologias de informação e inovação tecnológica. Informamos com Rigor, Objectividade e Imparcialidade. Primamos pela qualidade, oferecendo aos nossos leitores, a inclusão tecnológica e a literacia digital

+(244) 930747817

info@pti.ao | redaccao@pti.ao

Mais Lidas

Últimos Artigos

Desenvolvido Por SP Media