Startup

E-Commerce: startup angolana recebe luz verde do BNA para operar em todo país

O banco central angolano autorizou recentemente a startup BayQi a operar no mercado financeiro nacional como instituição financeira não bancária. O facto permitirá à startup operar e prestar serviços de pagamentos móveis em todo o território nacional através da sociedade PagaQi – Sociedade Prestadora de Serviços de Pagamentos.

“Para nós, esta licença significa inovação, ela vai nos permitir adicionar mais valor à vida dos nossos clientes, facilitando-os. Isto significa que os nossos clientes vão poder comprar com maior segurança e confiança”, disse ao Portal de T.I a CEO e fundadora da BayQi, Fátima Almeida.

A startup afirma estar a trabalhar para, em breve, fazer o lançamento do seu aplicativo de transferências e pagamentos simplificados, através do qual os clientes, sejam particulares ou empresas, poderão fazer compras on-line com maior praticidade. A empresa espera também com isto permitir que os indivíduos sem conta bancária possam ter uma carteira digital que lhes permita efectuar compras seguras na internet através dos recursos oferecidos pela BayQi.

Fundada por Fátima Almeida, a 26 de Abril de 2016, a BayQi é uma empresa angolana de tecnologia, especializada em sistemas de pagamentos digital, comércio electrónico e serviços financeiros.

 

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal clicando aqui  !!!

Ferreira Manuel

Ferreira Manuel é um redactor web em ascensão, no Portal de T.I, residente em Luanda, Angola. É estudante de Comunicação Social e entusiasta das criptomoedas e da tecnologia blockchain.

Itens Relacionados