Moçambique: ataque cibernético deixa portais governamentais fora do ar

Os portais governamentais de Moçambique foram alvos de um ataque cibernético nesta segunda-feira (21), que deixou as plataformas parcialmente fora do ar por horas.

Entre as instituições afectadas, estiveram os portais do Instituto Nacional de Gestão de Desastres (INGD), da Administração Nacional de Estradas, da Administração Regional de Águas do Sul e do Instituto Nacional de Transportes Terrestres (INATTER).

De acordo com a Deutche Welle (DW), os ‘hackers’ substituíram os portais por uma página que anunciava o ataque informático. “Atacado por ‘hackers’ iemenitas”, dizia o anúncio escrito em inglês, acompanhado de uma foto onde se via um homem com uma metralhadora e lenço na cabeça, foto que ia se replicando quando se tentava entrar em diferentes ‘sites’.

A DW observou, no entanto, que pesar do ataque, vários outros portais institucionais continuaram a funcionar normalmente, dentre os quais o portal do Governo, da Presidência da República, do Banco de Moçambique, do Ministério da Saúde, do Instituto Nacional de Estatística, da Procuradoria-Geral da República e o portal da Covid-19.

A Rádio e Televisão Portuguesa (RTP) avançou nesta terça-feira (22), citando o Governo moçambicano, que o acesso aos portais já foi totalmente restabelecido. De acordo com o Director de Instituto Nacional de Governo Electrónico de Moçambique, citado pela RTP, apenas 1 dos 20 servidores foi que foi afectado pelo ataque.

 

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal clicando aqui !!!

Partilhar artigo:

Somos um portal de notícias, voltado às tecnologias de informação e inovação tecnológica. Informamos com Rigor, Objectividade e Imparcialidade. Primamos pela qualidade, oferecendo aos nossos leitores, a inclusão tecnológica e a literacia digital

+(244) 930747817

info@pti.ao | redaccao@pti.ao

Mais Lidas

Últimos Artigos

Desenvolvido Por SP Media