Motin na OpenAI: “ou o conselho renuncia ou seguiremos Sam Altman na Microsoft”

Phishing: humanos superam ChatGPT na persuasão às vítimas

Um total de 599 dos 770 funcionários da OpenAI fizeram um abaixo-assinado, para exigir a demissão de todo o conselho administrativo que despediu o ex-CEO da empresa, Sam Altman. Caso contrário, os signatários da carta ameaçam abandonar a OpenAI e seguir o antigo líder na Microsoft.

De acordo com os signatários da carta, a decisão de despedimento de Sam Altman, levada a cabo pelo conselho administrativo da OpenAI, prejudicou todo o trabalho que vinha sendo feito pela empresa, enquanto “líder mundial em IA”, e minou a sua missão.

“O processo pelo qual vocês demitiram Sam Altman e removeram Greg Brockman do conselho prejudicou todo esse trabalho e minou a nossa missão e empresa. A vossa conduta deixou claro que vocês não têm competência para supervisionar a OpenAI,” pode ler-se na carta.

No documento, os signatários destacam que são “incapazes de trabalhar para ou com pessoas que carecem de competência, julgamento e cuidado” para com a missão da empresa e os seus colaboradores.

“Nós, que assinamos abaixo, podemos optar por renunciar à OpenAI e juntar-nos à recém-anunciada subsidiária da Microsoft dirigida por Sam Altman e Greg Brockman. A Microsoft nos garantiu que existem vagas para todos os funcionários da OpenAI nesta nova subsidiária, caso decidamos aderir. Daremos este passo iminentemente, a menos que todos os actuais membros do conselho renunciem e o conselho nomeie dois novos lideres directores independentes, como Bret Taylor e Will Hurd, e reintegre Sam Altman e Greg Brockman,” finaliza o documento.

Curiosamente, Ilya Sutskever, responsável científico e que também é membro do conselho de administração, é um dos signatários da carta. Este é um facto surpreendente, porque, vários meios de comunicação norte-americanos noticiaram que este administrador teve um papel fundamental na demissão de Sam Altman.

Além de Ilya Sutskever, são também signatários da carta Mira Murati, que havia assumido o cargo de CEO após a demissão de Sam Altman, o director de operações, Brad Lightcap, o director de estratégia, Jason Kwon e o chefe da equipa de pesquisa e linguagem, Wojciech Zaremba.

 

Pode ler a carta na íntegra clicando aqui

 

Partilhar artigo:

Somos um portal de notícias, voltado às tecnologias de informação e inovação tecnológica. Informamos com Rigor, Objectividade e Imparcialidade. Primamos pela qualidade, oferecendo aos nossos leitores, a inclusão tecnológica e a literacia digital

+(244) 930747817

info@pti.ao | redaccao@pti.ao

Mais Lidas

Últimos Artigos

Desenvolvido Por SP Media