Ruptura de cabo submarino condiciona conectividade em toda África Oriental

Ruptura de cabos submarinos condiciona conectividade em toda África Oriental
Os países da África Oriental enfrentam, desde domingo (12), dificuldades acentuadas no acesso à Internet, devido à ruptura do sistema de Cabos Submarinos da África Oriental (Eassy) que, juntamente com o cabo Seacom, ligam a região ao resto do mundo passando pela África do Sul. Os países mais afectados incluem a Tanzânia, o Quénia, Ruanda, Uganda, Malawi, Moçambique e o Madagascar.
 
O incidente foi confirmado no X pelo director de tecnologia e informação do grupo Liquid Intelligent Technologies, Ben Roberts, sem avançar, contudo, as causas da ruptura. Em entrevista à BBC, o responsável descartou a possibilidade de sabotagem, referindo que a ruptura do cabo submarino Eassy e as falhas registadas simultaneamente no cabo Seacom, que ainda não foi totalmente recuperado desde os cortes reportados no Mar Vermelho, é uma “coincidência bastante infeliz”.
 

Os dados do Cloudflare Radar e da NetBlocks, ambas plataforma que monitoram a conectividade,  indicam que no domingo a Tanzânia registou uma quebra de 29-33% nos níveis esperados de conectividade, sendo assim um dos países mais afectados. No Quénia, a Safaricom disse estar “a viver um desafio” devido ao incidente.
 

Entretanto, o CEO do grupo Wiocc, Chris Wood, cuja empresa está envolvida no consórcio que sustenta o cabo Eassy, avançou que uma equipa técnica será destacada amanhã, terça-feira (14) à região do incidente, para avaliar os danos e iniciar o trabalho de recuperação da infra-estrutura. 
 
Segundo Chris Wood, a viagem até o local do incidente, que estará entre a África do Sul e Moçambique, levará três dias e o tempo de reparo dependerá do clima, das condições do mar e da extensão dos danos.

Partilhar artigo:

Somos um portal de notícias, voltado às tecnologias de informação e inovação tecnológica. Informamos com Rigor, Objectividade e Imparcialidade. Primamos pela qualidade, oferecendo aos nossos leitores, a inclusão tecnológica e a literacia digital

+(244) 930747817

info@pti.ao | redaccao@pti.ao

Mais Lidas

Últimos Artigos

Desenvolvido Por SP Media