Ensino

Huawei reforça cooperação com o Ministério da Educação com doação de smart board à Escola Virtual Angolana “Xilonga”

O Ministério da Educação (MED) e a Huawei reforçaram, na última Sexta-feira, o laço de cooperação no âmbito da educação à distância com recurso a novas tecnologias. Numa cerimónia realizada no INFQE – Instituto de formação de quadros (afecto ao MED) a multinacional doou um “smart board” que apoiará o programa Xilonga, a escola virtual do MED que promove o ensino virtual em Angola.

No âmbito do seu programa de responsabilidade corporativa e social, a Huawei ofereceu ao MED um smart board inteligente para apetrechar as instalações do Escola Virtual Angolana “Xilonga”. Como um dos líderes mundiais do sector de tecnologias de inovação, a multinacional chinesa reforça, desta forma, o seu apoio à digitalização de sectores-chave em Angola, entre os quais a Educação.

O aparelho smart board que a Huawei entregou ao MED é de última geração e proporcionará um avanço tecnológico ao programa de ensino à distância, pois funciona simultaneamente como computador, sistema de conferências e quadro de ensino tradicional com acesso à internet.

Créditos: D.R

Créditos: D.R

Em nota de agradecimento, a Ministra da Educação, Luísa Grilo, salientou que “o MED está empenhado em continuar a promover um ambiente educativo cada vez mais tecnológico, utilizando as referências internacionais de empresas que operam no mercado nacional, como a Huawei”.

Por seu lado, o Vice-CEO da Huawei, Wu Kui, assegurou que “a Huawei Angola vai continuar a prestar apoio directo ao Ministério e que um dos compromissos da multinacional é continuar a contribuir para a aceleração da digitalização do Estado angolano”.

A doação da Huawei é fundamental para a operacionalização da “Xilonga”, sistema de ensino à distância baseado em ferramentas e recursos interactivos. Este programa do MED tem o objectivo central de oferecer recursos e materiais didácticos para a aprendizagem dos conteúdos programáticos do currículo do Ensino Primário e do Iº ciclo do Ensino Secundário. Com o apoio do encarregado de educação, os estudantes poderão facilmente cadastrar-se na plataforma e usá-la a partir de qualquer lugar do mundo, desde que tenham acesso a um suporte digital.

A denominação “Xilonga” congrega a noção de escola e de ensino, transversais ao Kimbundu, Umbundu e Kikongo. O termo resulta da fusão entre “Xi”, de Xikola (que exprime a ideia de escola), e “longa”, de Kulonga (que exprime a ideia de ensinar).

A cerimónia de entrega do smart board que beneficiará o programa “Xilonga” foi presidida pela Ministra da Educação, Luísa Grilo, contando com a presença do Secretário de Estado do Ensino Secundário, Gildo José, e da Directora-Adjunta do INFQE – Instituto de formação de quadros (afecto ao MED) Eufrazina Zau. Do lado da Huawei, esteve no evento o Vice-CEO Wu Kui, o Director de Relações Públicas Nilton Roque, e outras individualidades como António Tang e Leonel Loubão.

 

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal clicando aqui  !!!

Itens Relacionados