Metaverso

Meta acredita que no futuro o metaverso será tão importante quanto o smartphone

O director de produtos da Meta, Chris Cox, disse na última quarta-feira (18), durante um painel sobre tecnologia, no Fórum Económico Mundial em Davos, na Suíça, que acredita no potencial do metaverso e que um dia se tornará tão essencial quanto os smartphones.

Cox explicou, durante a sua intervenção, que a Meta passou os últimos oito anos a tentar construir uma linha de produtos de realidade virtual que fosse acessível e impressionante o suficiente para os usuários incorporarem em experiências com impactos sociais como: jogos, medicina, desenvolvimento de medicamentos e para projectar ténis e carros.

O executivo da Meta apontou a falta de interoperabilidade como sendo o motivo pelo qual o metaverso ainda não conseguiu atingir o espaço que foi preconizado.

“Acho que a Internet é uma maneira muito boa de pensar sobre o metaverso, porque algumas partes da Internet são muito coerentes umas com as outra. Repare como é fácil mudar de aplicativo para aplicativo como o Instagram para o Google Maps sem confusão”, disse Cox.

O referido painel foi apresentado pelo CEO da Atlantic, Nicholas Thompson, o autor e criador do termo metaverso, Neal Stephenson, o CEO da HP, Enrique Lores e a Ministra de TIC e Inovação do Ruanda, Paula Ingabire.

 

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal clicando aqui  !!!

Joaquim Cassicato

Técnico de telecomunicações & Redactor.

Itens Relacionados