PCA do INAPEN defende criação de ecossistema para fomento de startups e MPMEs

O Presidente do Conselho de Administração do Instituto de Apoio às Micro, Pequenas e Médias Empresas (INAPEM), João Nkosi, defendeu a necessidade de se criar no país um ecossistema que fomente o surgimento de novas startups e micro, pequenas e médias empresas (MPMEs), e que promova mentorias para que estas se consigam manter no mercado.

As declarações foram proferidas nesta quarta-feira (4), em Luanda, durante a cerimónia de lançamento do “Programa Emergentes”, uma iniciativa da Comissão do Mercado de Capitais (CMC), que visa apoiar startups e MPMEs com elevado potencial em diversos estágios de crescimento no mercado.

Durante a sua intervenção, o PCA do INAPEM destacou que “todas as iniciativas que visam melhorar o ecossistema das startups e MPMEs nos diversos domínios ou estágios, constituem-se prioridades para as instituições vocacionadas para o apoio às startups e MPMEs, conforme os vários programas do PDN 2018-2022”.

João Nkosi sublinhou também a necessidade de todos os actores unirem esforços para que as startups e as MPMEs encontrem no mercado serviços e soluções que vão de encontro às suas necessidades, sendo que uma destas soluções é o “Programa Emergentes“, que, segundo o responsável, vai dar maior robustez e capacidades para enfrentarem as adversidades de um mercado que cada vez mais está competitivo.

 

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal clicando aqui  !!!

Partilhar artigo:

Somos um portal de notícias, voltado às tecnologias de informação e inovação tecnológica. Informamos com Rigor, Objectividade e Imparcialidade. Primamos pela qualidade, oferecendo aos nossos leitores, a inclusão tecnológica e a literacia digital

+(244) 930747817

info@pti.ao | redaccao@pti.ao

Mais Lidas

Últimos Artigos

Desenvolvido Por SP Media