Gadgets

Apple anuncia novo Mac Studio e Studio Display movidos pelo processador mais potente do mundo

A Apple apresentou o novo Mac Studio e o Studio Display, um desktop e um monitor completamente novos que a gigante tecnológica classifica como uma evolução na computação pessoal dado o seu poder de processamento.

De acordo com o comunicado da Apple, o Mac Studio vem com o M1 Max e o novo M1 Ultra, o chip mais potente do mundo para um computador pessoal. Este é o primeiro computador a oferecer tal nível de desempenho, sendo capaz de renderizar grandes ambientes 3D e reproduzir 18 vídeos com resolução Ultra HD 8K simultaneamente.

Características gerais do novo Mac Studio – Créditos: Apple

O desempenho do novo Mac Studio com o processador M1 Ultra foi descrito como “ultrajante” pela executiva da Apple Colleen Novielli. E há razões para tal, pois, segundo a Apple, o novo chip tem 114 mil milhões de transístores, garante 800 GB/s de largura de memória e 128 GB de memória unificada.

A sua unidade central de processamento (CPU, na sigla inglesa) é composta por 20 núcleos, sendo 16 de alta performance e 4 de eficiência. Já a unidade de processamento gráfico (GPU, na sigla inglesa), é composta por 64 núcleos. O M1 Ultra possui ainda 32 núcleos de processamento neural, optimizados para tarefas de Inteligência Artificial e é 90% mais rápido do que o Mac Pro com chip Intel Xeon de 16 núcleos.

Novo Mac Studio e o seu Studio Display – Créditos Apple

Para tanto poder a Apple teve de aplicar uma nova arquitetura denominada “Ultra Fusion Architecture”, que permite unir o poder de processamento de dois chips, mas funcionando como um único chip integrado. Essa arquitetura, segundo a empresa americana, vai facilitar a vida aos programadores no desenvolvimento de software, bem como aos produtores de música e designers de som, produtores de videojogos e criadores de conteúdos 3D, fotógrafos que trabalham em grandes formatos e estúdios de vídeo.

Já o monitor, o Studio Display, possui 27 polegadas, um painel com resolução 5K capaz de atingir 600 nits de brilho e reproduzir mais de mil milhões de cores. O Studio Display possui também um chip próprio, o A13 Bionic, uma câmara integrada de 12 megapíxeis, três microfones e seis saídas de som.

Ambos compõe agora a linha mais poderosa de todos os tempos no que os MACs dizem respeito e estarão disponíveis aos clientes a partir desta sexta-feira, 18 de Março.

 

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal clicando aqui  !!!

Ferreira Manuel

Ferreira Manuel é um redactor web em ascensão, no Portal de T.I, residente em Luanda, Angola. É estudante de Comunicação Social e entusiasta das criptomoedas e da tecnologia blockchain.

Itens Relacionados