Angola poderá contar com uma 4º operadora de telefonia

Africell disponibiliza carteira móvel Afrimoney

Trata-se da empresa de telecomunicações Africell Holding SAL, apurada pelo grupo de trabalho para obter a licença da quarta operadora de título global unificado de telecomunicações.

O processo já se encontra na sua 2ª fase do Concurso para a Prestação de Serviço Público de Comunicações Electrónicas, de acordo com uma nota de imprensa avançada pelo grupo constituído pelos Ministros das Finanças, das Telecomunicações e Tecnologias de Informação e da Economia e Planeamento.

O Presidente da República, João Lourenço, determinou a anulação do primeiro Concurso Público Internacional para a atribuição de um Título Global Unificado à quarta Operadora Global no sector das Telecomunicações no país, cuja escolha tinha recaída à empresa Telstar

A empresa venceu o concurso que decorreu a 30 de Setembro de 2019, após a realização de sessões de promoção e apresentação, que tiveram lugar nos Emirados Árabes Unidos, na África do Sul e em Angola, três empresas – a MTN da África do Sul, a Africell Holding SAL do Líbano e o BAI Investimentos de Angola – adquiriram as peças do concurso, tendo a Africell submetido a sua candidatura, através da plataforma electrónica do Serviço Nacional de Contratação Pública.

Pela exigência do concurso, a Empresa possuía o potencial requerido para poder operar no mercado como a quarta operadora de telefonia móvel

Foram identificadas 12 entidades com operações estabelecidas em África, Ásia, Europa e Médio Oriente. Das entidades identificadas, destaque para as empresas Africell, Bharti Airtel, Maroc Telecom, MTN, Telkom South Africa, Orange e Vodafone.

A Comissão de Avaliação, após ter procedido ao exame formal dos documentos de candidatura submetidos pela candidata Africell Holding SAL, deliberou por unanimidade a sua qualificação e que a entidade fosse convidada pela Entidade Pública Contratante para apresentar a sua proposta.

Africell Holding SAL é um player internacional, presente em quatro países africanos, com 18 anos de actividade no sector das telecomunicações, disponibilizando a mais de 12 milhões de clientes o serviço de telefonia móvel, de Internet, televisão por subscrição e mobile money.

A atribuição a um novo operador do 4.º Título Global Unificado para Prestação de Serviço Público de Comunicações Electrónicas vai trazer maior concorrência ao sector das telecomunicações angolano, melhorar a qualidade dos produtos, serviços e preços, trazendo assim contributos relevantes para o crescimento económico e para a melhoria do bem-estar dos cidadãos.

 

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal clicando aqui  !!!

Partilhar artigo:

Somos um portal de notícias, voltado às tecnologias de informação e inovação tecnológica. Informamos com Rigor, Objectividade e Imparcialidade. Primamos pela qualidade, oferecendo aos nossos leitores, a inclusão tecnológica e a literacia digital

+(244) 930747817

info@pti.ao | redaccao@pti.ao

Mais Lidas

Últimos Artigos

Desenvolvido Por SP Media