Huawei apresenta o programa TIC Talento

A Huawei, em parceria com instituições de ensino da Tecnologia de Informação e Comunicação (TIC), realizou nesta terça-feira, uma conferência de imprensa virtual para falar sobre o Programa TIC Talento.

A conferência de imprensa, que foi presidida pelo coordenador do ecossistema de talento da Huawei Angola, Eng Luís Erivaldo Gonçalves, serviu para apresentar o relatório de balanço e perspectivas do Programa TIC Talento. Falando sobre os números globais, Luís Gonçalves informou que o sector que coordena conta com três categorias fundamentais, nomeadamente: Academia TIC Huawei, Competição TIC Huawei e Certificação Huawei.

Até ao momento, a nível global, a Huawei já certificou mais de 260.000 profissionais e cerca de 11.000 especialistas, contando com mais 930 academias TIC e mais de 1500 instrutores espalhados nos 61 países que contam com este programa. A Instituição conta ainda com alguns parceiros que servem de ponte para poder alcançar estudantes que se mostrem interessados em aprender as tecnologias disponibilizadas pela empresa. Do  total são mais de 110 parceiros de treinamentos autorizados, mais de 1600 Universidades e Faculdades, tendo formado cerca de 100.000 participantes.

Segundo o seu coordenador, o ecossistema de talento da Huawei Angola existe desde 2015, e tem parcerias com Instituições de ensino como o Instituto de Telecomunicações (ITEL), Universidade Católica de Angola (UCAN), Instituto Superior Politécnico Metropolitano (IMETRO), CINFOTEC e ICT School que estiveram representados pelos seus Directores e coordenadores de cursos. Na ocasião, os directores e coordenadores das instituições parceiras enalteceram as iniciativas da Huawei em Angola, particularmente o Programa TIC Talento que já formou 600 estudantes, dos quais 68 com certificação HCIA, com previsão de alavancar esses números até ao final do ano.

Questionado sobre os requisitos necessários para se ter um parceiro do Programa TIC Talento, Luís Gonçalves respondeu ao Portal de T.I que as instituições são livres de apresentarem os seus interesses, bastando apenas que sejam instituições de ensino com um certo prestígio.

Durante a conferencia de imprensa, a Huawei aproveitou para apresentar de forma oficial a nova solução de aprendizagem domiciliar intitulado “Home Study”, que já está em curso desde Abril deste ano. A solução baseia-se na criação de salas de aulas virtuais em tempo real, para fazer face à  situação do confinamento social que se vive por conta da covid-19. Para aderir, os estudantes deverão fazer as suas inscrições nas plataformas digitais das academias parceiras da Huawei, devendo ter como requisito um computador conectado à internet. 

Recentemente, o Vice-Presidente da Huawei Angola, anunciou que sua instituição cria quadros angolanos no setor das TIC com parceria do governo, e a Academia de TIC da Huawei oferece aos alunos, treinamento prático nas mais recentes tecnologias de forma a diminuir a distância entre a teoria e aplicação das TIC.

 

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal clicando aqui  !!!

Partilhar artigo:

Tags:

Somos um portal de notícias, voltado às tecnologias de informação e inovação tecnológica. Informamos com Rigor, Objectividade e Imparcialidade. Primamos pela qualidade, oferecendo aos nossos leitores, a inclusão tecnológica e a literacia digital

+(244) 930747817

info@pti.ao | redaccao@pti.ao

Mais Lidas

Últimos Artigos

Desenvolvido Por SP Media