Microsoft poderá encerrar representação na Nigéria

Microsoft poderá encerrar representação na Nigéria
Os relatórios da Microsoft na Nigéria sugerem que a multinacional está a considerar o encerramento do Centro de Desenvolvimento Africano (ADC, na sigla inglesa) com sede em Lagos, actualmente escritório oficial da Microsoft naquele país africano. 
 
De acordo com especialistas da indústria que falaram ao The Guardian nesta terça-feira (7), a Microsoft informou a sua equipa sobre os planos do encerramento do Centro. Na visão desses especialistas, se esta medida for confirmada, teria implicações profundas no panorama tecnológico do país, impactando o emprego de cerca de 200 talentos africanos e a inovação no sector.
 
O The Guardian apurou que o pessoal afectado poderá receber os seus salários e planos de saúde até Junho. Ao contactar uma fonte do escritório da Microsoft em Lagos, a mesma não confirmou nem negou. 
 
“Não posso dizer nada sobre isso por enquanto. Obrigado”, informou a fonte ao Jornal. Embora a causa imediata do encerramento do ADC permaneça incerta, fontes da indústria alegaram que poderia ser devido à actual situação económica no país.
 
As instalações do ADC em Lagos também abrigam o Microsoft Garage, uma entidade lançada para dimensionar a inovação no ecossistema tecnológico com objectivo de capacitar parceiros e clientes que utilizam soluções Microsoft em áreas importantes para o continente como Fintech, AgriTech e energia OffGrid.
 
O ADC foi lançado na Nigéria em 2022 com um investimento de 100 milhões de dólares norte-americano para os dois centros de desenvolvimento em África, estando o outro localizado em Nairobi, Quénia.

Partilhar artigo:

Somos um portal de notícias, voltado às tecnologias de informação e inovação tecnológica. Informamos com Rigor, Objectividade e Imparcialidade. Primamos pela qualidade, oferecendo aos nossos leitores, a inclusão tecnológica e a literacia digital

+(244) 930747817

info@pti.ao | redaccao@pti.ao

Mais Lidas

Últimos Artigos

Desenvolvido Por SP Media